29 de junho
Geral
177 visualizações

Reforma de sites em Flash

Sabemos que um site moderno, intuitivo, rápido, é essencial para atração e interação com clientes. Após muitos anos de utilidade, as funcionalidades do Flash foram suprimidas pelo HTML5. Como isso afeta meu site em Flash? É possível resolver? Vamos descobrir.

Reformar sites e portais baseados em Flash Player é trabalho do desenvolvedor, que deve aproveitar a estrutura, gráficos e conteúdos para criar as novas páginas. O desenvolvedor também cuida para que aspectos como SEO, responsividade, peso e velocidade sejam os melhores possíveis.


O que está envolvido no processo de reforma de Sites em Flash

  1. Seu negócio: O mais importante é transmitir seu produto ou serviço claramente, sem erros.
  2. Seu(ou sua) cliente: Nem todo navegador suporta Flash nos dias atuais. Todo cliente utiliza dispositivos móveis para acessar seu website, que pode ser apresentado deformado.
  3. Desenvolvedor(a): O(a) responsável pela produção das novas páginas em HTML5, incluindo diagramação da estrutura, gráficos e conteúdos e publicação no servidor. Também cuida das atualizações e manutenções de rotina.
  4. Servidor de Hospedagem: serviço/plataforma que garante que seu portal, bancos de dados e e-mails do website funcionem 24/7. Exemplos: Amazon, Umbler, Azure, DigitalOcean. Existem também opções de servidores compartilhados de custo mais acessível.

Não recomendo manter sites em Flash. Por que?

Flash sem suporte mobile

Ninguém produz mais em flash. Mão de obra para manutenção de flash está cada vez mais escassa.

Flash vai contra os princípios de SEO, ou seja, dificulta sua visibilidade para motores de busca.

HTML5 é o padrão global para websites. Não faz sentido usar mecanismos de Flash e HTML5 ao mesmo tempo.

Manutenção e conteúdos: páginas em flash dependem de profissionais para sua alteração. Com HTML5 é possível criar meios para o próprio gerente do negócio atualizar suas páginas.

Percebe-se a necessidade de compreensão dos gerentes do negócio junto ao time de marketing para entender o quão prejudicial pode ser manter um site antigo, feito em flash.

Processo básico de reforma de um site em Flash

 

  1. Análise dos requisitos do portal
  2. Análise dos concorrentes e outras referências do nicho
  3. Contratar o desenvolvedor que tem experiência com WordPress
  4. Desenho e aprovação do layout
  5. Obter um cronograma e orçamento para entregas do desenvolvedor
  6. Reaproveitamento de textos e imagens do site antigo
  7. Desenvolvimento do tema
  8. Testar as entregas do desenvolvedor
  9. Publicar o portal
  10. Extra: Monitorar funil de vendas Inbound, AdWords e Analytics.

Conclusão sobre Flash

Conclusão sobre sites em Flash

Sites em Flash foram substituídos por sites HTML5 devido a diversos problemas de compatibilidade. HTML5 já provou ser a tecnologia multiplataforma flexível que o mundo precisa e é reconhecida como tal a nível global.


Entendeu a idéia? Posso te ajudar com isso: Abrir Chat


Um pouco sobre o autor

Matteus Barbosa - Desenvolvedor Web
Trabalho como Desenvolvedor web, no regime MEI PJ (Pessoa Jurídica) seguindo preceitos da legalidade. Para saber da minha experiência, acesse meu Currículo, meu Portfólio, a relação de Referências de Clientes ou ainda a Lista de Serviços. As propostas de serviço são iniciadas com conversas informais, seguidas da coleta de requisitos, elaboração do cronograma e por fim a proposta de orçamento. Todas as etapas são acompanhados de perto via ferramenta online e videoconferências. Os pagamentos são registrados com entrega de notas fiscais. Presto serviços de projeto, desenvolvimento e manutenção de sistemas baseados nos mais diversos frameworks.